JORNAL E V O L U Ç Ã O
 Casa Humanitária Dr. Albert Schweitzer

    ANO 10  - Nº 144              Edição de MARÇO 2016



MÉDICOS SEM FRONTEIRAS  

Dia 24 de março - Dia da mobilização nacional contra à tuberculose

No dia 24 de março de 1882, o médico alemão Heinrich Hermann Robert Koch anunciava a identificação do bacilo causador da tuberculose. A descoberta seria o fundamento para o combate à doença, uma das infecções mais antigas e temidas. Na época, assombrando o mundo, a tuberculose era responsável pela morte de um em cada sete europeus.

Na época, além do fato de que era maligna e infecciosa, não se sabia muito mais sobre a tuberculose. A doença - também conhecida como tísica pulmonar - podia arrebatar um paciente em poucas semanas, outros sofriam durante anos antes de morrer. Dos 50 milhões de alemães, um milhão sofriam de tísica. Oitenta mil morriam todos os anos da doença. E um em cada sete europeus perecia de tuberculose.

A cura era quase impossível

"No final do século 19, a tuberculose era tão temida quanto o câncer e o enfarte de coração atualmente", Realmente uma doença popular, como se dizia na época, e era também, com certeza, conseqüência das condições sociais. Estava diretamente ligada ao aparecimento das grandes cidades. Muitas pessoas viviam comprimidas nos centros urbanos de trabalho, onde faltavam moradias, saneamento e condições higiênicas apropriadas.

O que felizmente hoje já não acontece, a medicina moderna e toda a tecnologia laboratorial, se a doença é descoberta e tratada com seriedade o número de óbitos reduziu consideravelmente, em todas as classes sociais. 

Tuberculose

Tratamento interrompido fortalece o bacilo e pode trazer de volta a doença que causou pavor no passado.

Doença grave, transmitida pelo ar, que pode atingir todos os órgãos do corpo, em especial nos pulmões. O microorganismo causador da doença é o bacilo de Koch, cientificamente chamado Mycobacterium tuberculosis

Processo da disseminação da tuberculose

1º - Apesar de também atingir vários órgãos do corpo, a doença só é transmitida por quem estiver infectado com o bacilo nos pulmões.

2º - A disseminação acontece pelo ar. O espirro de uma pessoa infectada joga no ar cerca de dois milhões de bacilos. Pela tosse, cerca de 3,5 mil partículas são liberadas.

  - Os bacilos da tuberculose jogados no ar permanecem em suspensão durante horas. Quem respira em um ambiente por onde passou um tuberculoso pode se infectar.

Processo inflamatório

 

 O indivíduo que entra em contato pela primeira vez com o bacilo de Koch não tem, ainda, resistência natural. Mas adquire. Se o organismo não estiver debilitado, consegue matar o microorganismo antes que este se instale como doença. É, também, estabelecida a proteção contra futuras infecções pelo bacilo. 

Tuberculose primária

Após um período de 15 dias, os bacilos passam a se multiplicar facilmente nos pulmões, pois ainda não há proteção natural do organismo contra a doença. Se o sistema de defesa não conseguir encurralar o bacilo, instala-se a tuberculose primária, caracterizada por pequenas lesões (nódulos) nos pulmões

 Caverna tuberculosa

Com o tempo e sem o tratamento, o avanço da doença começa a provocar sintomas mais graves. De pequenas lesões, os bacilos cavam as chamadas cavernas tuberculosas, no pulmão, que costumam inflamar com freqüência e sangrar. A tosse, nesse caso, não é seca, mas com pus e sangue. É a chamada hemoptise. 

Por que nos pulmões?

Como o bacilo de Koch se reproduz e desenvolve rapidamente em áreas do corpo com muito oxigênio, o pulmão é o principal órgão atingido pela tuberculose. 

Tratamento

 

A prevenção usual é a vacina BCG, aplicada nos primeiros 30 dias de vida e capaz de proteger contra as formas mais graves da doença. Se houver a contaminação, o tratamento consiste basicamente na combinação de três medicamentos: rifampicina, isoniazida e pirazinamida. O tratamento dura em torno de seis meses. Se o tuberculoso tomar as medicações corretamente, as chances de cura chegam a 95%. É fundamental não interromper o tratamento, mesmo que os sintomas desapareçam. Atualmente, consiste na principal preocupação mundial em relação à doença o abandono do tratamento faz com que os bacilos tornem-se resistentes aos medicamentos e estes deixam de surtir efeito. A tuberculose resistente pode desencadear uma nova onda da doença virtualmente incurável em todo o mundo.

Tratada corretamente,  a tuberculose tem cura!!!.




__________________________

Encontro com Jesus

Construindo a paz em seu lar

 

Jesus_abrilQuando Jesus esteve entre nós afirmou: a minha paz vos deixo, a minha paz vos dou, mas não vou dou como a dá o mundo. A paz brota da integração de nossa vontade, pensamentos, sentimentos e atitudes como as leis divinas, naturais, repletas de amor.

Perdoar e perdoar-se, estabelecer um padrão calmo de convivência no lar, são  bases para uma paz ativa que se conquista no dia-a-dia. Não basta nos tolerarmos, precisamos construir laços de amor, de solidariedade, compartilhando as alegrias  e os desafios diários. É importante refletir em conjunto, sobre os problemas e suas soluções, num verdadeiro casamento de ideais, num somatório de forças.

Comece por observar as pessoas que convivem com você, suas necessidades. Que cuidados você poderá ofertar-lhes? Doe-se sem esperar retribuição. Demonstre  sua preocupação, fale diariamente do seu amor. Não perca uma oportunidade de fazer um carinho, de elogiar uma boa atitude. Faça as críticas com cuidado e respeito, cuidando do coração dos que cercam você. à medida que você estrutura a paz em seu íntimo você pacifica o seu lar. Mas se houver ruptura por desgaste da relação, ore, ampare. Mesmo que à distância, entregue a Deus e caminhe, avançando e ajustando a sua vida sem julgamentos.

Vamos fazer agora um exercício de construção da paz no  seu lar? Sente-se de forma confortável. Inspire, retenha o ar por um momento e expire, relaxando todo o seu corpo. Tente recordar-se da imagem mais bela de Jesus que você tem em sua mente. Veja-O com seus cabelos sobre os ombros divididos ao meio à moda dos nazarenos. Sua barba espessa, suas vestes, seu olhar profundo. Na sua imaginação convida Jesus a entrar em sua casa. Veja-O entrando pela porta da frente, trazendo com sua presença um infinito bem-estar. Dele brotam luzes que se irradiam por  todos os cômodos da casa.

Visualize seus amores sentados na sala, alegres, conversando... sinta em seu coração os laços de  ternura que unem vocês. Perceba a ascendência moral de Cristo, irresistível, impregnando a todos. Caso você tenha alguma dificuldade de relacionamento com um de seus amores, dirija-se a ele e proponha-se a abraçá-lo. Se o outro ficar impassível, diga-lhe agora o quanto você deseja o atendimento e a harmonia. Se por qualquer motivo ele não mais se encontra a seu lado, peça a Jesus a oportunidade futura de entendimento e conciliação. Veja todos envoltos em uma atmosfera de paz luminosa que se espalha por toda a sua casa, formando uma aura protetora em seu lar.

Cuide-se bem... e seja feliz!


_________________________________


A FAMÍLIA

O colégio familiar tem suas origens sagradas na esfera espiritual. Em seus laços, reúnem-se todos aqueles que se comprometeram, no Além, a desenvolver na Terra uma tarefa construtiva de fraternidade real e definitiva.

        Preponderam nesse instituto divino os elos do amor, fundidos nas experiências de outras eras; todavia, ai acorrem igualmente os ódios e as perseguições do pretérito obscuro, a fim de se transfundirem em solidariedade fraternal, com vistas ao futuro.

        É nas dificuldades provadas em comum, nas dores e nas experiências recebidas na mesma estrada de evolução redentora, que se olvidam as amarguras do passado longínquo, transformando-se todos os sentimentos inferiores em expressões regeneradas e santificantes. Purificadas as afeições, acima os laços do sangue, o sagrado instituto da família se perpetua no infinito, através dos laços imperecíveis do Espírito.


____________________________

UM MOMENTO PARA OS JOVENS

Camisinha é fundamental - Quando tiver  CONTATO SEXUAL  com quem você não tenha absoluta certeza use e exija a camisinha


Dia 08 de março, dia Internacional da mulher: JOVENS Cuidem-se!

O QUE É HPV?

É um vírus transmitido pelo contato sexual que afeta a área genital tanto de homens como de mulheres.  O HPV é uma família de vírus com mais de 80 tipos. Enquanto alguns deles causam apenas verrugas comuns no corpo, outros infectam a região genital, podendo ocasionar lesões que, se não tratadas, se transformam em câncer de colo do útero. Uma das características desse vírus é que ele pode ficar instalado no corpo por muito tempo sem se manifestar, entrando em ação, em determinadas situações como na gravidez ou numa fase de estresse, quando a defesa do organismo fica abalada.  Na maior parte das vezes a infecção pelo HPV não apresenta sintomas. A mulher tanto pode sentir uma leve coceira, ter dor durante a relação sexual ou notar um corrimento. O mais comum é ela não perceber qualquer alteração em seu corpo.
Geralmente, esta infecção não resulta em câncer, mas é comprovado que 99% das mulheres que têm câncer do colo uterino, foram antes infectadas por este vírus. No Brasil, cerca de 7.000 mulheres morrem anualmente por esse tipo de tumor.
Em seus estágios iniciais as doenças causadas pelo HPV podem ser tratadas com sucesso em cerca de 90% dos casos, impedindo que a paciente tenha maiores complicações no futuro. Portanto, a melhor arma contra o HPV é a prevenção e se fazer o diagnóstico o quanto antes.

COMO DEVO ME PREVENIR?
Como em qualquer doença transmitida pelo sexo, é preciso que se tomem alguns cuidados como:
- Manter cuidados higiênicos;
- Ter parceiro fixo ou reduzir o número de parceiros;
- Usar preservativos durante toda a relação sexual;
- Visitar regularmente seu ginecologista para fazer todos os exames de prevenção.
COMO POSSO SABER SE TENHO HPV?
Este vírus pode ser detectado através dos seguintes exames:

Papanicolaou

É o exame preventivo mais comum. Ele não detecta o vírus, mas sim, as alterações que ele pode causar nas células.

Colposcopia

Exame feito por um aparelho chamado colposcópio, que aumenta o poder de visão do médico, permitindo identificar as lesões.

Biópsia


É a retirada de um pequeno pedaço de tecido para análise.

Captura Híbrida

É o exame mais moderno para fazer o diagnóstico do HPV. A Captura Hïbrida consegue diagnosticar a presença do vírus mesmo antes da paciente ter qualquer sintoma.
Esse é o único exame capaz de dizer com certeza se a infecção existe ou não.
Estudos recentes recomendam que o exame de captura híbrida só seja feito em mulheres acima de 25 anos, preferivelmente 30 anos.

COMO É O TRATAMENTO DO HPV ?

PREVINA-SE CONTRA O HPV E LEMBRE-SE:
· A maioria das pessoas infectadas pelo HPV não desenvolve o câncer de colo uterino.
· Por ser o principal causador do câncer do colo uterino, o HPV precisa ser descoberto o quanto antes. Por isso, sempre faça seus exames preventivos anualmente.

· Use preservativos em todas as relações sexuais.
· Fique atenta a esses sintomas: coceira, corrimento, sangramento anormal, principalmente fora da menstruação, e dor durante a relação sexual. Se você tiver algum desses sintomas procure seu ginecologista.
· Fumar, beber em excesso ou usar drogas afeta o sistema de defesa do organismo fazendo com que o HPV atinja a mulher com maior facilidade.
· Procure saber mais sobre o HPV e o câncer de colo uterino e compartilhe todas essas informações com o seu parceiro e amigas. Assim será mais fácil se prevenir.
· É importante que seu parceiro também procure um médico para verificar se ele está com o vírus.
· Você não está sozinha! A maioria das pessoas com vida sexual ativa pode estar infectada por algum dos tipos do HPV.


JOVEM SEJA CARETA:

Diga NÃO às drogas!
Diga NÃO à AIDS, às DSTS e a uma gravidez não programada, use camisinha!

Jovem no carnaval vista o seu herói, "VISTA A CAMISINHA"!

__________________________________________


Quando transar pela primeira vez?

Transar: é o que a maioria das pessoas conhece como o sexo ou relação sexual. Relação sexual é quando o homem e a mulher unem seus corpos

Veja você está pronto para o sexo.

Criando limites sexuais:

Algumas pessoas pensam que sexo é uma força poderosa e incontrolável que simplesmente "acontece", assim como o trovão ou a chuva. Mas a verdade, é que sexo - ter uma relação sexual - é uma decisão tomada de forma premeditada. E é VOCÊ que toma essa decisão. Na verdade você tem que decidir muitas coisas a respeito de sexo: Quando? Com quem? Com que frequência? Com camisinha? Sem camisinha?

Sexo é uma decisão SUPER IMPORTANTE! Você tem que ter certeza que é a SUA decisão. Suas vontades estão em jogo. Você tem que decidir se quer ou não começar a transar, pense melhor sobre isso:

 Você está pronto para assumir as responsabilidades de praticar sexo seguro (usar corretamente e regularmente a camisinha, saber mais sobre HIV/ AIDS e DSTs, fazer o teste de HIV, além de saber sobre outros métodos anticonceptivos)?

A maioria dos adolescentes não estão preparados para assumir tais responsabilidades, então seja sincero consigo mesmo. Se você não se sente preparado você pode dizer "não", e esperar até o momento certo.

Você também precisa se preocupar com seu parceiro, e ele/ela também devem se preocupar com você. Se vocês NÃO forem amigos, vocês podem achar sexo um tanto constrangedor e vergonhoso em certas horas... Esse é um sinal que essa não é a pessoa ou o tempo certo para você começar a ter relações sexuais.

Se você e seu parceiro não se sentem ainda preparados para o sexo, mantenham o beijo, o abraço, o carinho. Ambos devem saber seus limites, conversar sobre eles e respeitá-los.
 Muitos jovens escolhem NÃO fazer sexo, por diversas razões muito coerentes. Eles ficam preocupados com uma possível gravidez, além do HIV/ AIDS e outras doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) e eles não querem se arriscar:

 São muito jovens e não se sentem preparados,

 Não querem desapontar os pais

 Sentem que é contra seus valores e religião

 Sentem que é melhor esperar e por enquanto se concentrar nos estudos

 Querem ter certeza que são amados por seu namorado/ namorada.

E você? Já sabe se está pronto para o sexo?

Responda as perguntas abaixo, o mais sinceramente o possível para saber:

1) Já conheço muito bem, meu namorado(a)?

2) Me sinto como uma parte importante na vida do meu namorado(a)?

3) Ambos levamos nosso namoro à "sério"?

4) Podemos confiar um no outro?

5) Falamos sobre diversos assuntos sem constrangimentos?

6) Conseguimos falar sobre sexo sem constrangimentos, vergonha ou medo?

7) Estamos pensando em transar, porque REALMENTE queremos, ou porque outras pessoas ficam perguntando e insistindo para que façamos sexo?

8) Já falamos sobre que método contraceptivo vamos usar?

9) Já falamos sobre fazermos (os dois) o teste de HIV?

10) Já conversamos sobre como vamos nos prevenir de doenças sexualmente transmissíveis, inclusive o HIV/ AIDS?

11) Concordamos em usar a camisinha, ou outro método contraceptivo todas as vezes que formos fazer sexo?

12) Meu namorado(a) irá respeitar o meu direito de dizer "SIM" ou "NÃO" para o sexo em cada encontro sexual que tivermos?

13) Eu irei respeitar o direito do meu namorado(a) de dizer "SIM" ou "NÃO" para o sexo em cada encontro sexual que tivermos?

14) As decisões sexuais feita por ambos são seguras e confortáveis para os dois?

Se você respondeu para alguma dessas perguntas: "NÃO", TALVEZ", ou "NÃO SEI" - você e seu parceiro podem não estar ainda preparados para transarem. Talvez seja melhor esperar.

Se você está pensando na questão: "fazer ou não fazer sexo", lembre-se que o sexo pode ter sérias consequências como o HIV e a gravidez não desejada, que podem mudar a sua vida para sempre. Esperar é a melhor maneira para a sua segurança e saúde. Caso você decida dizer "SIM" para o sexo, você deve praticar o sexo seguro para evitar a gravidez, o HIV/AIDS e DSTs. Sem camisinha, SEM SEXO!


Drogas: Um Começo Que Pode Não Ter Fim!


drogas

Encontrar um modo ideal para articular o tema drogas acaba sendo um desafio para especialistas de qualquer parte do mundo. Não é algo tão fácil assim! Principalmente de forma concisa e sem discurso moralista sobre os riscos que o consumo de drogas traz a vida de um ser um humano. E ao se falar de drogas, não menciono aquelas utilizadas em laboratórios, farmácias, etc. Refiro-me as drogas psicoativas, que alteram o equilíbrio do individuo.


Só para esclarecimento, as drogas estão classificadas em três tipos: depressoras (Álcool, ópio, morfina), alucinógenas (maconha, LSD, heroína, etc.) e estimulantes (cocaína, crack, ecstasy, anfetaminas, cafeína, etc.).

Muitos de nós às vezes nos perguntamos: O que leva uma pessoa usar drogas? Estatisticamente falando, diversos são os motivos encontrados, tais como: Simples curiosidade, influência de amigos (mais comum), tentar fugir dos problemas (principalmente familiares), criar coragem (que sem o uso da droga, não faria o mesmo), a busca por sensações de prazer, dentre outros.

 

Infelizmente o uso de drogas se tornou algo mais corriqueiro em nossa sociedade e com isso se dissipando em todas as classes sociais. Já que antigamente o uso de crack, maconha, cocaína, dentre outras drogas eram mais vistas como algo da periferia, pessoas dependentes as drogas pelas condições desfavoráveis em que se vive. Segundo a psiquiatra Analice Gigliotti presidente da Associação Brasileira de Estudos do Álcool e Outras Drogas (Abead) e chefe do Setor de Dependência Química da Santa Casa de Misericórdia do RJ, aproximadamente 40% dos usuários são indivíduos de classe média. "Esse dado se fundamenta em informações dos números de internações em clínicas específicas, que é um outro público", afirma.


Vários episódios tem se mostrado na mídia ultimamente, relacionados ao uso de drogas. Como por exemplo, o final trágico que aconteceu na ultima semana, que um pai por não agüentar mais o sofrimento do filho viciado em crack, na qual estrangulou uma amiga, veio a público expor sua dor, alertando assim muitas famílias. Casos como de crianças em uma escola pública no RS em vez de brincarem de esconde, brincavam de traficantes, usando o pó de giz como se fosse à cocaína. Essa "brincadeira" mostrou o reflexo do cotidiano que essas crianças estão tendo e que se não for trabalhada a prevenção ao uso das drogas com esses pequenos, futuramente serão dependentes químicos. Infelizmente essa é a realidade.
 

 

Família estruturada, diálogo família, participação dos pais na vida dos filhos, dentre outros fatores, com certeza são de suma importância para que futuramente o filho(a) não venha sentir a necessidade de buscar a paz de espírito, relaxamento ou outros sensações inversas que são passageiras, na qual são encontradas nas drogas. Já que hoje pesquisas mostram que a maioria dos usuários viciados são pessoas desestruturadas.

Diante de tantos transtornos que o uso a drogas acarreta ao ser humano, acabando com a vida gradativamente de quem se torna um viciado e que a dependência se constitui muitas vezes por apenas uma cheirada, uma tragada ou uma aplicação, já que uma simples "experimentada" pode gerar vontade de outras vezes, então, você pode e deve Dizer Não as Drogas! Seja forte, as drogas podem te levar a mundo sem volta.

  

              
_________________________________________


O ALCOOLISMO NA ADOLESCÊNCIA
 

Alcoolismo nunca foi problema exclusivo dos adultos. Pode também acometer os adolescentes. Hoje, no Brasil, causa grande preocupação o fato de os jovens começarem a beber cada vez mais cedo e as meninas, a beber tanto ou mais que os meninos. Pior, ainda, é que certamente parte deles conviverá com a dependência do álcool no futuro.

Para essa reviravolta em relação ao uso de álcool entre os adolescentes, que ocorreu bruscamente de uma geração para outra, concorreram diversos fatores de risco. O primeiro é que o consumo de bebida alcoólica é aceito e até estimulado pela sociedade. Pais que entram em pânico quando descobrem que o filho ou a filha fumou maconha ou tomou um comprimido de ecstasy numa festa, acham normal que eles bebam porque afinal todos bebem.

Sem desprezar os fatores genéticos e emocionais que influem no consumo da bebida - o álcool reduz o nível de ansiedade e algumas pessoas estão mais propensas a desenvolver alcoolismo - a pressão do grupo de amigos, o sentimento de onipotência próprio da juventude, o custo baixo da bebida, a falta de controle na oferta e consumo dos produtos que contêm álcool, a ausência de limites sociais colaboram para que o primeiro contato com a bebida ocorra cada vez mais cedo.

Não é raro o problema começar em casa, com a hesitação paterna na hora de permitir ou não que o adolescente faça uso do álcool ou com o mau exemplo que alguns pais dão vangloriando-se de serem capazes de beber uma garrafa de uísque ou dez cervejas num final de semana.

Não se pode esquecer de que, em qualquer quantidade, o álcool é uma substância tóxica e que o metabolismo das pessoas mais jovens faz com que seus efeitos sejam potencializados. Não se pode esquecer também de que ele é responsável pelo aumento do número de acidentes e atos de violência, muitos deles fatais, a que se expõem os usuários.

Proibir apenas que os adolescentes bebam não adianta. É preciso conversar com eles, expor-lhes a preocupação com sua saúde e segurança e deixar claro que não há acordo possível quanto ao uso e abuso do álcool, dentro ou fora de casa.

VOCÊ NÃO GOSTA DE VOCÊ

Fatores que levam ao consumo de álcool são na verdade involuntária, embora com vertentes diferentes.   Nas drogas é preciso um estado de baixa estima, por razões recentes ou por mágoas antigas, para que o consumo ou experimento da droga, tenha um propósito compensatório.  Para o consumo de álcool, existe o que conhecemos por pré-disposição genética para o alcoolismo, uma espécie de roleta russa, onde não sabemos, de forma precoce, se esta "arma" terá ou não munição, ao fazer uso do consumo e nem de quantas doses serão necessárias para que o VÍCIO seja manifestado.  Infelizmente será preciso "experimentar" para saber.  Agora, a cura do alcoolismo é muito mais difícil (se é que existe) do que a do dependente químico.  Na dep. química, a família até pode ajudar (se quiser).  Para o alcóolico, ter ou não família, ame ou não ame-a, não faz a menor diferença.  Não só os dependente alcoólicos, mas também os demais, devem evitar o primeiro gole.

TUDO É CABEÇA

A vontade de tomar álcool ou mesmo experimentar uma droga (independentemente de qual seja) é uma resposta involuntária da mente, mais especificamente do nosso mecanismo de defesa, responsável por manter nosso equilíbrio psíquico. Evidente que, em primeiro lugar, o nosso amigo MD, irá procurar dentro do próprio indivíduo, conteúdo cultural qualitativo, que seja suficiente o bastante para suprir, aliviar ou neutralizar o desconforto emocional momentâneo que ele esteja passando, como valores familiares, sociais ou religiosos, cujo quais ele tenha como princípio, defender ou protejer.  Caso este sentimento não seja tão determinado assim, a mente procurará então, respostas alternativas com o intuito único de tentar suprimir a sua insatisfação momentânea, para que sua "máquina" continue a sua busca pelo seu alimento, para a sua alto subsistência.  Quanto menos conteúdo cultural adquirido, maiores serão as chances da mente optar por alternativas cada mais nocivas.  Tais escolhas são construídas e formadas na mente, ao longo do processo de vivência, convivência e forma de vida do indivíduo, ou seja, o universo do seu habitat natural.   Quer entender o mundo ?  Comece por entender à si mesmo em primeiro lugar                    
 
Amadeu Epifânio


______________________________

ANIVERSARIANTES DO MÊS DE MARÇO DE 2014

 

04 - Márcia Maria de Oliveira
06 - Ione Rates Macedo
09 - Adriano Eduardo da Rocha Correa
09 - Igor Coelho
17 - Verônica Soares Sales

21 - Simone Marques Cavalcante

29 - Aliliane Cordeiro da Costa
29 - Luiz Felipe do Nascimento

31 - Ariel Santos da Conceição


FELIZ ANIVERSÁRIO

__________________________________________

"A graça de Deus é concedida a cada devoto

de acordo com o nível de sua consciência

espiritual. O oceano é vasto e ilimitado, mas

a quantidade de água que você pode pegar

dele é determinada pelo tamanho do

recipiente que você leva até suas margens.

Se seu recipiente é pequeno, você não pode

enchê-lo acima de sua capacidade. Do mesmo

modo, se seu coração estiver contraído, a

Graça Divina está igualmente limitada, pois

faltará espaço.

Expanda seu coração e receberá a plenitude da Graça de Deus".

 (Satyha Sai Baba)

             _____________________


"Não diga a Deus que você tem um grande

problema, diga ao seu grande problema, que

você tem um grande DEUS"!

_________________________________________


Se você deseja ser cristão efetivamente:

perdendo, vencerá na batalha humana;

cedendo, obterá os recursos de que precisa;

trabalhando, conseguirá a felicidade própria;

perdoando, edificará em torno de si mesmo;

libertando, conquistará os outros;

suportando, resistirá na tempestade;

renunciando, ganhará tesouros imortais;

abençoando, salvará muitos;

sofrendo, terá mais luz;

sacrificando-se, encontrará a paz;

suando, purificar-se-á;

amando, iluminará sempre.

André Luiz

____________________________________

Casa Humanitária Dr. Albert   Schweitzer

Faça-nos uma visita pela internet:

WWW.casahumanitaria.com


e-mail:
casahumanitaria@casahumanitaria.com


Doações: Tel.: (22) 2774-5745 -  (22) 9224-1999 e (22) 9261-6767

___________________________________________


CENTRO DE FISIOTERAPIA CORRÊA
Fisioterapia  Traumato Ortopédica, Correção Postural, Terapia Alternativa,
 Fisioterapia Reumatológica e Acupuntura
Rodovia Amaral Peixoto nº 1030 - Centro - Barra de São João - RJ -
Tel.: (22) 2774-5745
__________________________________________

sao-francisco-de-assis


Ama o teu semelhante como a ti mesmo. Assim disse Jesus e os seus ensinamentos. Mas não tenhais dois ensinamentos, um para ti e outro para o próximo. Perceba que ajudar ao próximo, como quereis ser ajudado, é a grande bênção de Deus. Amar incondicionalmente ao teu próximo, apesar das mazelas que tenhais sofrido te ajudará a crescer e evoluir. Evoluir na Terra significa aprender com os erros e os acertos, para que não os cometeis mais. Tens amor em teu coração para com o teu semelhante e ajuda-te que Deus te ajudará. Deixe que o amor infinito invada o teu coração. Só assim Deus será sempre louvado.



_____________________________

Há duas espécies de família: 
As famílias pelos laços espirituais: Duráveis, se fortalecem pela purificação e se perpetuam no mundo dos Espíritos, através das várias migrações da alma. 

E as famílias pelos laços corporais: Frágeis como a matéria, se extinguem com o tempo e, muitas vezes, se dissolvem moralmente, já na existência atual. 

_____________________________________________


 

 

"Nós, que já estamos disposto às mudanças de atitude, que desejamos que a Paz e o Amor se estabeleça entre nós, façamos a nossa parte, seja no esforço da nossa própria  transformação íntima, seja vivendo a solidariedade no mais alto grau, que é a caridade, colaborando assim, com a construção de um Mundo Novo e Melhor".



____________________________________________________________


Sem o corpo físico, não ficaremos nessa escola que é a nossa vida na Terra. Mas sem uma alma saudável, que corpo teríamos? Cuidemos do corpo, mas não esqueça que a alma, que é nosso espírito no corpo, que realmente sobreviverá para eternidade, nosso Eu verdadeiro.



___________________________


A INSATISFAÇÃO DA HUMANIDADE

Adésio Alves Machado

        
É muito comum ouvirmos reclamações dos irmãos em humanidade sobre tudo o quanto acontece na face da Terra, na vida relacional, principalmente. Podemos considerar como procedimento normal? Cremos que não.
          O homem reclama quando tem e quando não tem; quando chove e quando não chove, o mesmo acontecendo com o calor. Se está desempregado reclama, mas, após empregar-se, algum tempo inicia toda uma insatisfação por estar ganhando pouco. Não sabia, ao empregar-se, qual o salário que receberia?
          Em verdade, os anseios do homem são insaciáveis, com suas raras exceções. O fim de algo alcançado serve de trampolim para outros desejos. É o que acontece, normalmente, sem que tal anseio seja percebido pelo que o acalenta. 
          De um modo geral, a criatura humana não está satisfeita com o que tem, e a sua primeira atitude é reclamar contra Deus, como se ele fosse o culpado por tudo de ruim. Mas, de bom, não! De bom ele, o reclamante, fez por merecer.
          Vive-se uma avassaladora onde de violência, intempéries deixando marcas terríveis de devastação, incompreensões várias quando a criatura aspira por uma convivência pacífica e fraternal onde possa reinar a harmonia de todas as forças, sejam humanas ou telúricas.
          Sofre-se porque a saúde está em clima de desarmonia e a longevidade existencial tão ambicionada de permanência na Terra, começa a dar demonstração de estar chegando ao fim. E o ser humano quer tanto permanecer ao lado dos que ama, conviver com eles para sempre, gozar-lhe a companhia!
          Devemos convir, no entanto, que a vida na carne não carrega apenas dificuldades múltiplas como flagelos, pestes, epidemias infelicitadoras, crimes, todo tipo de violência, toda ação do sexo em desalinho, todo tipo de falcatrua, corrupção... A vida na carne se expressa como imenso palco onde os artistas, nós, artistas estamos diante de um imenso campo de experiências e onde cada Espírito tem o dever de lutar pelo seu aperfeiçoamento moral-espiritual, tendo o compromisso com seu próximo, buscando socorrê-lo no dia-a-dia.
          Precisamos nos integrar à beleza da Natureza e assim vermos e compreendermos que todas as dificuldades existentes neste planeta estão de conformidade com as nossas necessidades.
          Importa considerarmos estes detalhes aqui assinalados, para percebermos que as reclamações são sem propósito, são registros de impaciência, inconformidade e também de insubordinação às leis de Deus, sem conexão com outro motivo qualquer.
          Toda a Natureza fala do amor de Deus por todos nós. Ele criou a Terra e entregou-a à nossa responsabilidade. Que cada um faça a sua parte, sem reclamações.
          Não nos damos conta mas vamos nos aperfeiçoando nessa vida, dela colhendo importantes lições que nos levarão ao progresso. Desta forma, não vamos condenar a nossa habitação. Não ignoremos as possibilidades que o mundo oferece, sempre visando a nossa mudança, nossa iluminação espiritual que nos afastará, amanhã, das dificuldades.
          Aprendamos a valorizar o mundo e cuidemos de tudo o que significa sua capa: os animais, os vegetais, os rios, os mares, as florestas, as praias, o ar, as geleiras, o calor do sol e passemos a bendizer os esforços de todos os que nos antecederam aperfeiçoando-o para que o encontrássemos como agora o temos.
          Para chegarmos ao Pai Criador, naveguemos por este mar imenso que é o Universo, no dorso deste planeta, cuja finalidade é direcionar-nos para alcançarmos o nosso mais recôndito mundo interior. Descobrirmo-nos é o primeiro passo; o segundo virá naturalmente - o encontro com o Pai.
          Deus está alojado em nós e o aprendizado que nos leva a descobri-Lo é concedido pela vida planetária, com todas as suas inúmeras dificuldades e diferenças, mas cujo objetivo é retirar das nossas reencarnações as vagas imensas da insensatez espiritual, transformando-as em leitos de estrelas cujo brilho se projetará sobre nós.
          Vamos amar e respeitar nosso lugar de nascença e vida dado pelo Criador. A Terra é o campo que nos acalentará, caso trabalhemos afanosamente em prol da mudança quanto ao modo de ver e de sentir a existência.
          Ninguém é igual a nós, as diferenças são flagrantes e a alteridade pede, exige de nós todos os esforços no sentido de aceitarmos o próximo como ele é, a vida como se apresenta, sem deixar de lutar para que melhore, usando os mais legítimos direitos e obrigações morais.
          Reclamar, nunca! Aceitar, sempre!

_____________________________________________


  
"Do mesmo modo que a onda não pode existir para si mesma, mas como parte da superfície elevada do oceano, assim eu nunca devo viver minha vida apenas para si mesma, mas sempre interagindo com o que ocorre ao redor de mim."   
 (
Albert Schweitzer)

_________________________________________________


DIA 08 DE MARÇO DIA INTERNACIONAL DA MULHER

praia10



Dia 08 de março é comemorado o dia internacional da mulher bem merecido né, pois este dia tem origem a manifestações femininas por melhores condições  de trabalho e direito social na sociedade, e foi criada para lembrar as conquista políticas, econômicas e violências às mulheres que muitas ainda estão sujeitas na sociedade deste país, e nada melhor que comemorar  muitas pessoas nesta época do ano comemora com algumas festinhas outras preferem se guardar em casa, e este ano de 2016 não será diferente muitas mulheres irão comemorar este dia muito felizes por serem mulheres, e o dia da mulher caíra dia 08/03/2016 em uma terça feira. 
Devemos pensar que o dia da mulher é todo dia, não vamos mascarar este dia com festas, como a mulher só  sendo lembrada no dia 08 de março, temos que continuar a luta, vamos arregaçar as mangas e continuar lutando. Já conseguimos muitas vitórias mas ainda falta muito. A discriminação da mulher na sociedade ainda continua.

Mulheres vamos à luta!!!


DIA 08 DE MARÇO DIA INTERNACIONAL DA MULHER 
Homengem do Jornalzinho Evolução



Nossa homenagem a todas as mulheres que com coragem determinação e amor, contribuíram e contribuem para um mundo melhor!

Nos últimos tempos a figura feminina vem galgando novas posições transpondo obstáculos e rompendo velhos preconceitos. A mulher deixou de ser aquela figura mitológica, heroína de fábulas e contos onde as emoções efervesciam ao seu redor. Atualmente, todo esse encantamento feminino está desvanecido na lembrança de épocas anteriores; hoje ele vem aliado a uma posição real diante das suas expectativas de vida. Não sendo meramente feministas, mas sim femininas ou seja galgar uma posição não em virtude de competir, porém declarando o seu senso de capacidade sem necessariamente destruir seus dotes naturais. Temos obtido grandes êxitos nas mais diferentes áreas e ocupações; as amarras as quais impediam a ação da mulher de forma livre e direta parecem estar caindo por terra. Aquela contemplação passiva das gerações anteriores não valorizava integralmente a figura feminina, talvez o seu espírito, seus dotes,  mas não seu valor na sociedade. O valor da mulher é deveras abrangente, não se resume apenas no fato de ser ela a precursora da família. Envolve todos os anseios do ser humano, alcançar um ideal, aspirações, sem desfazer daquele elo de magia que envolve a personalidade feminina. 
Nessa sede de emancipação crescente a mulher parece estar perdendo parte daquela feminilidade, através da qual ela fez-se tão cantada pelos poetas. A emancipação é algo consciente, humano, faz parte da evolução interior  mas não a modificação dos dotes da natureza. 
Não alterar a essência feminina, seu modo de ser e de agir, sem comparações e nem discriminações. A igualdade não pela imposição mas pela conquista, sem ferir a criação feminina, caminhar lado a lado para um futuro promissor. 
Portanto, o Dia Internacional da Mulher é um marco na história contemporânea, que reafirma todas as metas alcançadas pelas mulheres até aos dias atuais. 
Aderimos a emancipação, embora guardemos um pouco daquele resquício de encantamento e fragilidade que compõem a figura feminina em âmbito total. 
Para romper com as antigas estruturas impostas não há necessidade de se deturpar a imagem feminina apenas salientar seus pontos fortes. 
Alcançar a liberdade, a igualdade, significa respeitar os direitos de cada indivíduo, não se impondo, não se valendo - mas deixando-se valer! O perfil feminino não deve ser substituído pela constante emancipação e sim acrescentado a ela.

"Apesar de todas as dificuldades e todas as lutas que temos pela frente, queremos celebrar, hoje dia 08 de março, a força das mulheres, que organizadas, estão fazendo um mundo melhor".

Para você mulher a homenagem do Jornalzinho Evolução!!!


A Força da Mulher


"Porque a mulher vive tão perto de nossa mãe primeira, a Terra, ela emana a força e a natureza harmoniosa de todas as coisas."
Em uma reunião de Idosos, realizada em julho de 1991, foi-nos dito que a mulher india desempenha um papel fundamental na condução da cura das nações indígenas. As pessoas de idade disseram que deveríamos olhar para ela de forma sagrada. Eles disseram que a Mãe Terra iria dar à mulher dons especiais de amor. A mulher e a Mãe Terra estão ligados de uma maneira especial. As mulheres devem prestar atenção às aulas, vindas da Terra. Os homens devem tratar as mulheres com respeito, dignidade e honra.

"Avô, avó, deem à mulher índia a sua força para curar a nossa terra."

        Artes Xamânicas 
______________________________________________

São José Padroeiro das Famílias -  dia 19 de março

Patrono dos carpinteiros, dos pais e da justiça social, tesoureiros, engenheiros, pessoas à procura de casa e trabalhadores manuais. Padroeiro da boa morte. 

Ficheiro:Saint Joseph with the Infant Jesus by Guido Reni, c 1635.jpg?533

José é um personagem célebre do
Novo Testamento bíblico, marido da mãe de Jesus Cristo. Segundo a tradição cristã, nasceu em Belém da Judéia, no século I a.C., era pertencente à tribo de Judá e descendente do rei Davi de Israel. No catolicismo, ele é considerado um santo e chamado de São José.  Segundo a tradição, José foi designado por Deus para se casar com a jovem Maria, mãe de Jesus, que era uma das consagradas do Templo de Jerusalém, e passou a morar com ela e sua família em Nazaré, uma localidade da Galiléia. Segundo a Bíblia, era carpinteiro de profissão, ofício que teria ensinado seu filho.


O Evangelho de Lucas atesta que o imperador Augusto ordenou um recenseamento em todo o Império Romano, que na época incluía toda a região, e a jovem Maria e seu esposo José se dirigiram a Belém, por ser esta a terra de seu esposo. Nessa época, reinava na Judéia Herodes, o Grande, monarca manipulado pelos romanos, célebre pela crueldade. 

O
 texto do Evangelho deixa claro que José era o pai legal e certo de Jesus, pelo que (Mateus 1) é através de José que é referida a ascendência de Jesus até Davi e Abraão, embora o texto deixe inequívoco que ele não foi o pai biológico de Jesus. José quando encontrou Maria grávida "sem antes terem coabitado", "sendo justo e não a querendo infamar, resolveu deixá-la secretamente", quando na época a lei bíblica vigente (Deuteronômio 22) prescrevia a lapidação (morte por pedradas) das adúlteras. Eis que, então, enquanto José dormia, apareceu-lhe, em sonho, um anjo que pede-lhe que não tema em receber Maria como sua esposa, "pois o que nela foi gerado é do Espírito Santo", passagem normalmente interpretada pelos cristãos como uma concepção sem necessidade de uma participação masculina e, desde que se a suponha também virgem, de uma concepção virginal (já por tradições judaicas, Jesus é referido como "mamzer", algo como bastardo). De qualquer forma, portanto, o Evangelho não deixa dúvidas de que não é "pela carne" que Jesus herda os títulos messiânicos de "filho de Davi" e "filho de Abraão" com o que Mateus abre o Novo Testamento.  
onho de José", (1765-70) José Luzán. 


Óleo em madeira, 134 x 53 cm. Museu de Belas Artes de
Zaragoza, Espanha. (Figura acima). 

O texto evangélico também é insistente —ao apresentar a genealogia de José e citar uma linha patrilinear que inclui os reis de Judá e vai até Davi e Abraão— em ressaltar terríveis impurezas morais na ancestralidade de José, o marido de Maria a mãe de Jesus. Entre tantos homens, somente quatro mulheres, além de Maria, são citadas por Mateus nessa lista genealógica: Tamar, Raabe, Rute e a mulher de Urias (Betsabé), respectivamente: uma incestuosa, uma prostituta, uma estrangeira (era proibido aos israelitas casarem-se com estrangeiras) e a que foi tomada como esposa pelo rei Davi, que para obter isso encomendou a morte de seu marido, Urias, significando aqui o assassinato e o adultério. 

Nessa época, Maria, sua esposa deu à luz a
Jesus numa manjedoura, pois não encontraram outro local para se hospedarem em Belém. Devido a tirania do rei Herodes e de sua fúria em querer matar o menino Jesus por ter ouvido que havia em Belém nascido o Cristo (o Messias), a Biblia, no Evangelho de Mateus, refere que Deus, igualmente em sonho, orientou seu esposo José para que fugissem para o Egito. Assim, apenas nascido, Jesus já era um exilado, juntamente com José e Maria seus pais.

Posteriormente, tendo Herodes morrido, um anjo de Deus, igualmente em sonho, aparece a José e orienta-o para que regressem à terra de Israel "porque já morreram os que atentavam contra a vida do menino". Ao regressar, tendo ouvido que Arquelau (
Herodes Arquelau) reinava na Judéia no lugar de seu pai Herodes, temeu ir para lá e, por mais uma vez, em sonho, tendo sido prevenido por divina advertência, retirou-se para a região da Galiléia, voltando a família a residir em Nazaré.    O lugar que José ocupa no Novo Testamento é discreto: está totalmente em função de Cristo e não por si mesmo. José é um homem silencioso, e pouco aparece na Bíblia. Não se sabe a data aproximada de sua morte, mas ela é presumida como anterior ao início da vida pública de Jesus. Quando este tinha doze anos, de acordo com o Evangelho de Lucas (cap. 2), José ainda era vivo, sendo que em todos os anos a família ia anualmente a Jerusalém para a festa da Páscoa. Na Páscoa desse ano, "o menino Jesus permaneceu em Jerusalém sem que seus pais soubessem", os quais "passaram a procurá-lo entre os parentes e os conhecidos" e, por fim, o reencontraram no Templo da Cidade Santa "assentado entre os mestres, ouvindo-os e interrogando-os, os quais se admiravam de sua inteligência e de suas respostas". "Logo que seus pais o viram, ficaram maravilhados" e Maria, sua mãe, diz-lhe: "Teu pai e eu, aflitos, estamos a tua procura", sendo essa sua última referência a José estando vivo.  São José é um dos santos mais populares da Igreja Católica, tendo sido proclamado "protetor da Igreja católica romana"; por seu ofício, "padroeiro dos trabalhadores" e, pela fidelidade a sua esposa, como "padroeiro das famílias", sendo também padroeiro de muitas igrejas e lugares do mundo.


___________________


Prece Indígena

prece indígena
 Diz uma prece indígena: "Deixem-me seguir as pegadas do meu inimigo por três semanas, carregar o mesmo fardo e passar pelas mesmas provações que ele, antes de dizer uma só palavra de desaprovação à sua conduta".

São palavras que encerram uma profunda sabedoria. Julgar o procedimento alheio, sem antes procurarmos entender os motivos que o levaram a agir assim, é o caminho mais fácil, porém é também o que mais nos leva a cometer injustiças.

Sempre esperamos que os outros entendam nossas motivações e quando não o fazem nos sentimos injustiçados.

Mas será que nós procuramos sempre entender as razões alheias? Será que, ao menos por um instante, seríamos capazes de tentar imaginar como agiríamos se estivéssemos no lugar da outra pessoa?

Poucos de nós ao menos tentam.  Mas, a maioria de nós não hesita em desaprovar tudo que esteja contrariando aquilo que considera "certo".

Experimente, ao menos uma vez, carregar o fardo de seu inimigo! 



"Trate a Terra e tudo o que nela habita com 

respeito.

Mantenha-se próximo ao Grande Espírito.

Mostre grande respeito por todos os seres.

Trabalhem juntos pelo benefício da Raça Humana.

 Faça o que Você sabe que é certo.

Cuide do bem estar da mente e do corpo.

Dedique uma parte de seus esforços para o Bem Maior.

Seja sempre verdadeiro e honesto.

Assuma total responsabilidade por seus atos".


_______________________


"A ética do homem não deve terminar no homem, mas se estender a todo o universo. Ele precisa se tornar consciente novamente sobre a grande cadeia da vida, da qual ele não pode ser separado. Ele precisa entender que todas as criações têm o seu valor. O resultado para nós é não somente um aprofundar dos relacionamentos, mas uma maior amplidão dos mesmos".
 Dr. Albert Schweitzer

__________________

Filho de Deus


Multiplicaram-se através dos tempos, variados conceitos a respeito de Deus. Por mais complexos, tornaram-se insuficientes para expressar toda grandeza do Criador.
Somente Jesus logrou fazê-lo com perfeição, utilizando-se de uma linguagem simples, no entanto portadora de alta carga racional e emocional, chamando-O de Pai.
O designativo excelente preenche todas as lacunas deixadas por outras definições e referências. Deus é o Pai Criador, o Genitor Divino, a Causa Incausada de todos os seres e de todas as coisas. Tu és filho de Deus, cujo amor inunda todo o universo e se encontra presente nas mais íntimas fibras de teu ser. Tens por fatalidade na vida: a plenitude!
Lográ-la, de imediato ou mais tarde, dependerá do teu livre-arbítrio. Por isso, empenha-te no sentido de conseguir êxitos aos teus empreendimentos íntimos, mesmo que a custas de sacrifícios, recordando-te sempre que,  em qualquer situação, Deus está contigo.      
(Joanna de Angelis)

_______________________________________

 
MENSAGEM DE CHICO XAVIER

chico_2A morte  não é nada, somente passei para o   outro lado do caminho. 
Eu sou eu, vocês são vocês. 
O que eu era para vocês, continuarei sendo. Deem-me o nome que vocês sempre deram. 
Falem comigo, como vocês sempre fizeram. 
Vocês continuam vivendo no mundo das criaturas. 
Eu estou vivendo no mundo do criador.  
Não utilizem um tom solene ou triste;
  
Continuem a rir daquilo que nos fazia rir juntos.  
Rezem, sorriam, pensem em mim.  
Rezem por mim.  
Que meu nome seja pronunciado como sempre foi.  
Sem ênfase de nenhum tipo.  
Sem nenhum traço de sombra ou tristeza. 
A vida significa tudo que ela sempre significou.  
O fio não foi cortado por que eu estaria fora dos seus pensamentos.  
Agora que estou apenas fora de suas vidas, eu não estou longe.  Apenas do outro lado do caminho...  
Você, e ai ficou, siga em frente.  
A vida continua linda e bela como sempre foi.

Nascer, viver, morrer, nascer de novo e progredir sempre, essa é a lei.   (Chico Xavier)


___________________________________

"A Terra não pertence ao homem; o homem é que a ela pertence. Disto nós sabemos. Todas as coisas estão interligadas, como os laços que unem uma família. O que acontecer com a Terra acontecerá conosco. O homem não teceu a teia da vida, ele é um fio da mesma. O que ele fizer para a Terra, estará fazendo a si próprio". 

_____________________________________


 

Ritual  do Silêncio

Mae_natureza
Oh Natureza! Aqui calamos nossa voz, para melhor ouvir o vosso canto. Calamos também nossos pensamentos, para não nos desviarem de ti, onimarcante presença, que se veste de matéria e inventa o Universo.

Oh  Natureza! Arte misteriosa de Deus. Matéria, tinta e forma com a qual o Um se molda em todas as coisas.

Paramos o tempo para te ver passar.

Esvaziamos a mente até nada mais restar além de ti. Fora do qual nada tem existência.

Oh Natureza! Portal de harmonia, saúde e luz.

Quanto mais nos esvaziamos, mais Tu cabes em nossos corações. Paramos de pensar e até mesmo de sonhar, para não nos perdermos nele.

Oh Natureza! Poesia viva de beleza e luz, encantamento e poder.

Trocamos o eu pelo "não eu", o ser pelo "não ser", e, partimos totalmente sintonizados Contigo, sem medo de falhar, sem pressa por alcançar, porém ansiosos para te abrirmos a alma, como abre a flor as suas pétalas ao sol matutino.

Oh Natureza! Espírito materializado de Deus.

Que o fogo sagrado acenda nossos corações, quando tudo se tornar Um e o Um se tornar Tudo.

______________________________________________


UTILIZE-SE DA ESPIRITUALIDADE NA SUA VIDA DIÁRIA

 

 'Não pense que espiritualidade está apenas em templos, igrejas e montanhas: ela está onde você está. A palavra espírito vem da nossa capacidade de inspirar e expirar. Se alguém me insulta e sou capaz de compreendê-lo, sem me deixar levar pela raiva, pela vingança ou pela tristeza, estou praticando a espiritualidade. O estresse, a pressa e o trânsito são ótimas oportunidades de prática espiritual. Ao perceber a tensão, já me coloco em outro patamar: inicio um processo de autoconhecimento, percebo o que impulsiona e o que me retrai. A vida urbana nos dá ótimas oportunidades para aprimorar a paciência, a tolerância, o respeito à vida, a sabedoria e a compaixão. Todos os seres são conectados. Faça o seu melhor, respira profundamente e seja gentil."


_______________________________________________



"A bondade constante pode realizar muito. Assim como o sol derrete o gelo, a bondade faz com que o desentendimento, a desconfiança e a hostilidade evaporem."

Dr. Albert Schweitzer


_________________________________________________


Suicidar-se, nunca!

Meu caro amigo, se você é daquelas pessoas que está enfrentando difícil fase de sua existência, com escassez de recursos financeiros, enfermidades ou complexos desafios pessoais (na vida familiar ou não) e está se sentindo muito abatido, gostaria de convidá-lo a uma grave reflexão.

Todos temos visto a ocorrência triste e dramática daqueles que se lançam ao suicídio, das mais variadas formas. A idéia infeliz surge, é alimentada pelo agravamento dos problemas do cotidiano e concretiza-se no ato infeliz do auto-extermínio.

Diante de possíveis angústias e estados depressivos, não há outro remédio senão a calma, a paciência e a confiança na vida, que sempre nos reserva o melhor ou o que temos necessidade de enfrentar para aprender. Ações precipitadas, suicídios e atos insanos são praticados devido ao desespero que atinge muitas pessoas que não conseguem enxergar os benefícios que as cercam de todos os lados.

Mas é interessante ressaltar que estes estados de alma, de desalento, de angústias, de atribulações de toda ordem, não são casos isolados. Eles integram a vida humana. Milhões de pessoas, em todo mundo, lutam com esses enigmas como alunos que quebram a cabeça tentando resolver exercícios de física ou matemática. Mas até uma criança sabe que o problema que parece insolúvel não se resolverá rasgando o caderno e fugindo da sala de aula.

Sim, a comparação é notável. Destruir o próprio corpo, a própria vida, como aparente solução é uma decisão absurda. Vejamos os problemas como autênticos desafios de aprendizado, nunca como castigos ou questões insuperáveis. Tudo tem uma solução, ainda que difícil ou demorada.

O fato, porém, é que precisamos sempre resistir aos embates do cotidiano com muita coragem e determinação. Viver é algo extraordinário. Tudo, mas tudo mesmo, passa. Para que entregar-se ao desespero? Há razões de sobra para sorrir, rir e viver...!

O suicídio é um dos maiores equívocos humanos, para não dizer o maior. A pessoa sente-se pressionada por uma quantidade variável de desafios, que julga serem problemas sem solução, e precipita-se na ilusão da morte. Sim, ilusão, porque ninguém consegue autoexterminar-se. E o suicídio agrava as dificuldades porque aí a pessoa sente o corpo inanimado, cuja decomposição experimenta com os horrores próprios, pressionada agora pelo arrependimento, pelo remorso, sem possibilidade de retorno imediato para refazer a própria vida. Em meio a dores morais intensas, com as sensações físicas próprias, sentindo ainda a angústia dos seres queridos que com ele conviviam, o suicida torna-se um indigente do além.

Como? Sim, apenas consequências do ato extremo, nunca castigo. Isto tudo por uma razão muito simples: não somos o corpo, estamos no corpo. Somos espíritos reencarnados, imortais. E a vida nunca cessa, ela continua objetivando o aprimoramento moral e intelectual de todos os filhos de Deus. Suicidar-se é ilusão. Os desafios existenciais surgem exatamente para promover o progresso, convidando à conquista de virtudes e o desenvolvimento da inteligência. A oportunidade de viver e aprender é muito rica para ser desprezada. E quando alguém a descarta, surgem consequências naturais: o sofrimento físico, pela autoagressão e o sofrimento moral do arrependimento e da perda de oportunidades. Muitos talvez, poderão perguntar-se: Mas de onde vem essas informações?

A Revelação Espírita trouxe essas informações. São os próprios espíritos que trouxeram as descrições do estado que se encontram depois da morte. Entre eles, também os suicidas descrevem os sofrimentos físicos e morais que experimentam. Sim porque sendo patrimônio concedido por Deus, a vida interrompida por vontade própria é transgressão à sua Lei de Amor. Como uma criança pequena que teima em não ouvir os pais e coloca os dedos na tomada elétrica.

Para os suicídios há atenuantes e agravantes, mas sempre com consequências dolorosas e que vão requerer longo tempo de recuperação. Deus, que é Pai bondoso e misericordioso, jamais abandona seus filhos e concede-lhes sempre novas oportunidades. Aí surge a reencarnação como caminho reparador, em existências difíceis que apresentam os sintomas e aparências do ato extremo do suicídio. Há que se pensar nos familiares, cônjuges, pais e filhos, na dor que experimentam diante do suicídio do ser querido. Há que se pensar no arrependimento inevitável que virá. Há que se ponderar no desprezo endereçado à vida. Há, mais ainda, que se buscar na confiança em Deus, na coragem, na prece sincera, nos amigos (especialmente o maior deles, Jesus), a força que se precisa para vencer quaisquer ideias que sugiram o autoextermínio.

Meu amigo, minha amiga, pense no tesouro que é tua vida, de tua família! Jamais te deixes enganar pela ilusão do suicídio. Viva! Viva intensamente! Com alegria! Que não te perturbe nem a dificuldade, nem a enfermidade, nem a carência material. Confie, meu caro, e prossiga!

___________________________________________


O NOSSO PLANETA ESTÁ TRISTE

Estamos diante de um momento crítico na história da Terra, numa época em que a humanidade deve escolher o seu futuro. à medida que o mundo torna-se cada vez mais interdependente e frágil, o futuro enfrenta, ao mesmo tempo, grandes perigos e grandes promessas. Para seguir adiante, devemos reconhecer que, no meio da uma magnífica diversidade de culturas e formas de vida, somos uma família humana e uma comunidade terrestre com um destino comum. Devemos somar forças para gerar uma sociedade sustentável global baseada no respeito pela natureza, nos direitos humanos universais, na justiça econômica e numa cultura da paz. Para chegar a este propósito, é imperativo que nós, os povos da Terra, declaremos nossa responsabilidade uns para com os outros, com a grande comunidade da vida, e com as futuras gerações.

Terra, Nosso Lar

A humanidade é parte de um vasto universo em evolução. A Terra, nosso lar, está viva com uma comunidade de vida única. As forças da natureza fazem da existência uma aventura exigente e incerta, mas a Terra providenciou as condições essenciais para a evolução da vida. A capacidade de recuperação da comunidade da vida e o bem-estar da humanidade dependem da preservação de uma biosfera saudável com todos seus sistemas ecológicos, uma rica variedade de plantas e animais, solos férteis, águas puras e ar limpo. O meio ambiente global com seus recursos finitos é uma preocupação comum de todas as pessoas. A proteção da vitalidade, diversidade e beleza da Terra é um dever sagrado. 

A Situação Global

Os padrões dominantes de produção e consumo estão causando devastação ambiental, redução dos recursos e uma massiva extinção de espécies. Comunidades estão sendo arruinadas. Os benefícios do desenvolvimento não estão sendo divididos equitativamente e o fosso entre ricos e pobres está aumentando. A injustiça, a pobreza, a ignorância e os conflitos violentos têm aumentado e são causa de grande sofrimento. O crescimento sem precedentes da população humana tem sobrecarregado os sistemas ecológico e social. As bases da segurança global estão ameaçadas. Essas tendências são perigosas, mas não inevitáveis. 

Desafios Para o Futuro

A escolha é nossa: formar uma aliança global para cuidar da Terra e uns dos outros, ou arriscar a nossa destruição e a da diversidade da vida. São necessárias mudanças fundamentais dos nossos valores, instituições e modos de vida. Devemos entender que, quando as necessidades básicas forem atingidas, o desenvolvimento humano será primariamente voltado a ser mais, não a ter mais. Temos o conhecimento e a tecnologia necessários para abastecer a todos e reduzir nossos impactos ao meio ambiente. O surgimento de uma sociedade civil global está criando novas oportunidades para construir um mundo democrático e humano. Nossos desafios ambientais, econômicos, políticos, sociais e espirituais estão interligados, e juntos podemos forjar soluções includentes. 

Responsabilidade Universal

Para realizar estas aspirações, devemos decidir viver com um sentido de responsabilidade universal, identificando-nos com toda a comunidade terrestre bem como com nossa comunidade local. Somos, ao mesmo tempo, cidadãos de nações diferentes e de um mundo no qual a dimensão local e global estão ligadas. Cada um compartilha da responsabilidade pelo presente e pelo futuro, pelo bem-estar da família humana e de todo o mundo dos seres vivos. O espírito de solidariedade humana e de parentesco com toda a vida é fortalecido quando vivemos com reverência o mistério da existência, com gratidão pelo dom da vida, e com humildade considerando em relação ao lugar que ocupa o ser humano na natureza. 

Necessitamos com urgência de uma visão compartilhada de valores básicos para proporcionar um fundamento ético à comunidade mundial emergente. Portanto, juntos na esperança, afirmamos os seguintes princípios, todos interdependentes, visando um modo de vida sustentável como critério comum, através dos quais a conduta de todos os indivíduos, organizações, empresas, governos, e instituições transnacionais será guiada e avaliada. 

O CAMINHO ADIANTE

Como nunca antes na história, o destino comum nos conclama a buscar um novo começo. Tal renovação é a promessa dos princípios da Carta da Terra. Para cumprir esta promessa, temos que nos comprometer a adotar e promover os valores e objetivos da Carta.

Isto requer uma mudança na mente e no coração. Requer um novo sentido de interdependência global e de responsabilidade universal. Devemos desenvolver e aplicar com imaginação a visão de um modo de vida sustentável aos níveis local, nacional, regional e global. Nossa diversidade cultural é uma herança preciosa, e diferentes culturas encontrarão suas próprias e distintas formas de realizar esta visão. Devemos aprofundar e expandir o diálogo global gerado pela Carta da Terra, porque temos muito que aprender a partir da busca iminente e conjunta por verdade e sabedoria. 

A vida muitas vezes envolve tensões entre valores importantes. Isto pode significar escolhas difíceis. Porém, necessitamos encontrar caminhos para harmonizar a diversidade com a unidade, o exercício da liberdade com o bem comum, objetivos de curto prazo com metas de longo prazo.  

Todo indivíduo, família, organização e comunidade têm um papel vital a desempenhar. As artes, as ciências, as religiões, as instituições educativas, os meios de comunicação, as empresas, as organizações não-governamentais e os governos são todos chamados a oferecer uma liderança criativa. A parceria entre governo, sociedade civil e empresas é essencial para uma governabilidade efetiva. 

Para construir uma comunidade global sustentável, as nações do mundo devem renovar seu compromisso com as Nações Unidas, cumprir com suas obrigações respeitando os acordos internacionais existentes e apoiar a implementação dos princípios da Carta da Terra com um instrumento internacional legalmente unificador quanto ao ambiente e ao desenvolvimento.

Que o nosso tempo seja lembrado pelo despertar de uma nova reverência face à vida, pelo compromisso firme de alcançar a sustentabilidade, a intensificação da luta pela justiça e pela paz, e a alegre celebração da vida.

_________________________________________________


"Nunca, em nenhuma outra época da humanidade, tantos tiveram acesso aos conhecimentos espirituais. No entanto, muitos continuam fraquejando em seus propósitos espirituais. Alguns por leviandade, outros por arrogância. Pobres humanos atormentados! Quando despertarão do jugo do ego? Quando despertarão para a maturidade espiritual? Quando escutarão as notas da vina da verdade tocando para o habitante sutil de seus corações"?

_____________________________________


Viver...


É ter consciência da realidade que se esconde atrás da aparência.
É ver além dos cinco sentidos.
É enxergar com os olhos da alma ...
A vida materializa nossos pensamentos.
Conforme acreditamos, ela se torna.
Cultivando medo, a falta de amor, o egoísmo
e a descrença.
Não é esse o caminho.
As pessoas querem, mas suas atitudes
revelam o oposto.
Para receber é preciso primeiro dar.
Para atrair é preciso irradiar.
Essa é a força da vida.
Se Deus colocou tanta beleza, tanta vida,
tanta alegria e perfume em simples flores, o que não terá feito com o Homem?!?
Deus sempre faz o melhor. ELE nos deu beleza, sentimento, alegria, bondade e possibilidade de escolher.
A dor, o sofrimento, a maldade, o ódio, a ignorância vem da nossa necessidade de perceber.
Deus permite o contraste para que possamos enxergar claro.
De que adiantaria acender uma luz na claridade?
É nas trevas que ela é percebida.
Sem a tristeza, a alegria não seria apreciada, sem a carência a abundância não teria significado.
Somos todos crianças na "escola da vida".
Durante nossa "infância",
precisamos experimentar para ganhar senso de r e a l i d a d e ...
O sofrimento é pano de fundo para que o bem seja notado.
Baseado na perfeição de Deus:
A natureza nos ensina isso.
Basta olhar.
Não lhe parece que um Deus tão extraordinário, tão criativo,
que colocou tanta beleza, tanto perfume na simplicidade de uma flor,
que enfeitou nosso mundo com um céu tão azul, um mar tão belo, tudo para nos fazer felizes, só nos destina à FELICIDADE e à ALEGRIA ... ( ?!?)
A dor serve para nos levar aos cuidados da preservação.
É um alerta que nos adverte que algo não está bem.
Sem ela, não teríamos referencial.

O CAMINHO QUE TE LEVARÁ à FELICIDADE
COMEÇA EM VOCÊ MESMO!!!


__________________________________

UM ENCONTRO DE ALMAS


Um encontro de almas, é um encontro peculiar, por ter sido um encontro marcado lá do outro lado, onde elas se encontraram, destinadas a realizar determinada missão, que acontece quando as almas se encontram, podendo assim, o amor acontecer, pois são almas predestinadas.

 Este amor chega sem ter dia marcado ou momento marcado para acontecer. Simplesmente chega, e se instala, criando uma verdadeira festa de sentimentos alegres, que modificam todos os propósitos e conceitos até então firmados.

O encontro de duas almas tem como foco principal não a aparência física, mas a afinidade entre elas existente.

Sempre vão existir  momentos de tristeza, quando se perguntam porque não se encontraram antes. Acontece que esse momento é determinado pelo Destino, e muitas vezes quando o momento desse encontro acontece, não é mais possível extravasar toda a plenitude do amor que trazem, quando não é mais possível viver a alegria de amar e querer compartilhar a vida com o outro, enfim, sem que exista a possibilidade de realizar este amor em total plenitude, e por vezes esse amor fica incompleto, e as almas sentem uma saudade doida e doída uma da outra.

Existiu o encontro, mais uma vez incompleto, e reconhecem que não haverá retorno para suas pretensões, e que será necessário aguardar nova oportunidade, um novo encontro.

Atingindo essa compreensão, entendem que mesmo estando distantes, podem sentir e pressentir a alegria, a tristeza, o querer de um pelo outro.

Estas almas falam além das palavras, falam pela compreensão anímica, e assim se entendem, e se comunicam, sabendo que deverá haver um novo reencontro.

Contudo, se o reencontro ocorrer no tempo certo, estas almas afins se entrelaçam e buscam a forma de juntas ficarem, num processo contínuo de reaproximação até a consumação do amor predestinado.

De qualquer maneira, estas almas ficam marcadas, e nunca conseguirão se separar. Sempre acontecerão reencontros, até que possam cumprir a missão.

Almas que se encontram não mais se sentirão sozinhas, pois reconhecerão a necessidade que têm uma da outra para toda a eternidade

_____________________________________________


Senhor


Se um dia eu estiver " cheio da vida" , com vontade de sumir, de morrer,

insatisfeito comigo e com o mundo em torno de mim...

- Pergunta-me, apenas, se eu quero trocar a luz pelas trevas...

- Pergunta-me se eu quero trocar a fartura da mesa posta, pelos restos que tantos vem buscar no lixo...

- Pergunta-me se eu quero trocar meus pés  por uma cadeira de rodas...

- Pergunta-me se eu quero trocar minha voz pelos gestos...

- Pergunta-me se eu quero trocar o mundo maravilhoso dos sons

pelo silêncio dos que nada ouvem...

- Pergunta-me, se eu quero trocar o jornal que leio e depois jogo no lixo,

pela miséria dos que vão buscá-lo para fazer dele seu cobertor...

- Pergunta-me, se eu quero trocar minha saúde, pelas doenças incuráveis de tanta gente...

- Pergunta-me também,  até quando não reconhecerei as Tuas Bênçãos,

a fim de fazer de  minha vida um hino de louvor e gratidão e dizer, todos os dias, do fundo de mim:

- Obrigado, Senhor! 

___________________________


Terra: Mundo de Expiações e Provas

                                                                            

 Os sofrimentos existentes no planeta Terra são devidos às imperfeições morais dos seres que nela habitam. Embora a intelectualidade até certo ponto desenvolvida e apurada, as criaturas humanas que povoam o Orbe Terrestre ainda encontram-se, em sua maioria, com a moral atrofiada pelas paixões inferiores alimentadas pelo orgulho, pelo egoísmo e pela vaidade, sentimentos estes precursores de todas as desgraças humanas. A iniqüidade reinante no Globo não pode ser ignorada, pois, em todos os recantos do mundo, ela é visível e concreta.
Não há dúvida que a Lei do Progresso é uma Lei Natural e necessária para toda a criação. Emanada de Deus é, por isso mesmo, imutável, e atinge a tudo e a todos.
É certo também que o progresso intelectual precede ao progresso moral e, assim sendo, possibilita ao Espírito saber diferenciar o bem do mal e o certo do errado, facultando-lhe desta forma, o verdadeiro merecimento das escolhas acertadas que fizer durante a sua vida.
No entanto, a moral, que deveria acompanhar nas mesmas proporções o crescimento intelectual, impulsionador do progresso científico e tecnológico do planeta, não está se desenvolvendo como deveria. Está ainda a passos lentos e vacilantes, e as evidências desta lentidão estão patentes entre os povos, podendo ser bem observada tanto no passado quanto na atualidade.
Ninguém seria tão otimista a ponto de negar a violência que assola a Humanidade terrestre: ela está presente no trânsito, destruindo vidas e mutilando corpos; nas drogas, acabando com a mocidade e a adolescência dos jovens nas viciações químicas, levando-os à loucura, quando não à morte; na prostituição infanto-juvenil, criminosamente conduzida por seres inescrupulosos e sem valores reais; nas competições profissionais, acirradas e muitas vezes desonestas; na política, fazendo com que aqueles que prometeram proteger e auxiliar o povo subvertam suas obrigações patrióticas por interesses pessoais e mesquinhos; nas religiões, onde fanáticos insanos lutam e se aniquilam pela posse de um deus mais forte e mais poderoso; no lar, pela falta da paciência e do diálogo atencioso dos pais para com os filhos, e o desrespeito dos filhos para com os seus velhos pais... Tem-se a impressão que os atos violentos, praticados por pessoas doentias, banaliza-se no curso do tempo; e assim será considerado, caso não haja a conscientização de todos em buscar soluções racionais e eficazes contra estes fatos degenerantes da moral e da paz.
Mesmo assim, apesar desta violência sufocar, confundir, assustar e encarcerar o homem na sua liberdade de ir e vir – direitos estes assegurados pelas leis que regem a maioria dos países – nunca se assistiu, em todos os tempos, tantos movimentos organizados por pessoas boas e pacíficas, tentando melhorar as condições de vida daqueles irmãos menos afortunados, trabalhando voluntariamente com o objetivo cristão de tornar o mundo melhor e mais justo.
O combate à violência exterior não é uma obrigação exclusiva dos grupos governamentais, ele inicia-se com a batalha íntima das imperfeições interiores de cada um dos seres, e a cada um compete fazer a sua parte do trabalho.
Vigiando e evitando as pequenas violências e delitos que podem ocorrer na intimidade familiar, irradiando-se ao agrupamento maior do qual faz parte, o indivíduo estará contribuindo com a Divindade na construção de uma sociedade pacífica e irmã, em cuja bandeira única estará escrita, com letras garrafais, a palavra AMOR.
Mais do que nunca, neste momento de grandes transformações, os ensinos de Jesus devem ser praticados na sua totalidade, “Orai e vigiai”, disse Ele aos homens, e a Doutrina Espírita, acompanhando de perto estes ensinamentos sagrados, veio a seu tempo mostrar aos Espíritos sinceros e de boa vontade a forma de conseguir superar o mal e sobrepujar as imperfeições.
Para isto, é necessário: DISCIPLINA, DISCIPLINA e DISCIPLINA.


__________________________________


SEJAMOS AMIGOS ANTES DE TUDO

ORSON PETER CARRARA  de Matão, SP 

Uma das maiores necessidades da família espírita é a convivência fraternal. O ideal espírita, inclusive, inspira a fraternidade entre os adeptos do Espiritismo. Porém, quando ela, a fraternidade, está ausente em grupos ou no relacionamento comum, os prejuízos são consideráveis.

Observe-se, por exemplo, as dificuldades que o movimento espírita tem vivido nos últimos tempos. São dificuldades humanas, é óbvio, estimuladas ou alimentadas ainda pela presença de espíritos contrários ao progresso humano ou à expansão do pensamento espírita, mas se buscarmos a origem, a causa, vamos nos deparar com a ausência da fraternidade, que em última análise origina-se (a ausência) do orgulho e egoísmo que ainda trazemos dentro de nós.

Uma maneira, porém, de superar estas deserções, atritos, críticas, resistências e dificuldades todas do relacionamento humano, é iniciar o cultivo da amizade entre os integrantes da instituição. Sejamos, pois, amigos uns dos outros, antes de sermos meros integrantes de uma entidade ou colegas, confrades, ou dizermo-nos simplesmente irmãos. Sejamos, antes, amigos!

Os amigos se compreendem, se aceitam mutuamente. Há uma reciprocidade de afeto sincero, sem críticas ou censuras. Estas, se houverem, serão ditas com amenidade, sem violência…

Os benefícios da amizade entre os membros de um mesmo ideal, de uma mesma instituição, são imediatos. Um Centro Espírita, por exemplo, onde seus diretores e trabalhadores são amigos, é um Centro Espírita que "deslancha" em suas atividades, em posição oposta a grupos onde uma concorrência disfarçada ou uma disputa mental, chega a bloquear ou prejudicar seriamente o cumprimento dos objetivos da instituição. Isto porque onde houve tentativas de dominação, onde houver a presença do ciúme, da inveja, da crítica ferina ou mesmo da imposição de idéia, estará presente a causa das intrigas, dos desentendimentos.

Portanto, sejamos amigos, antes de tudo. E todo o panorama se altera. Que pelo menos façamos isso em favor da causa. Superemos essas divergências, aceitando o companheiro como ele é, de vez que também desejamos ser aceitos como somos. Princípio elementar e essência do Evangelho, não é mesmo?

O mais interessante, entretanto, é que as questões 938 e 980 de O Livro dos Espíritos abordam o assunto. Nos comentários às respostas dos espíritos, nas duas questões citadas, Kardec comenta que a maior felicidade que pode ser encontrada pelo espírito encarnado é conviver com pessoas afins. Ora, pessoas afins são pessoas que se respeitam e se amam mutuamente. E conclui o Codificador que essa felicidade antecipa a felicidade vivida pelos espíritos desencarnados que se encontram em harmonia no plano espiritual.

Há que se pensar nas grandes demonstrações desse amor fraternal que se manifesta pela amizade. O Espírito Emmanuel chega considerá-la como a "mais formosa demonstração do amor fraterno" (no livro O Consolador). Não é por outra razão que Jesus, o Grande Amigo da Humanidade veio pessoalmente para ensinar a viver o amor; também não é por outra razão que todos temos um Espírito Amigo a nos orientar a caminhada. (vide questões 489 a 495 de O Livro dos Espíritos).

Por isso, devemos os espíritas buscarmos a convivência fraternal, a iniciar-se pela amizade uns pelos outros. Este é o caminho para superação das dificuldades que aí estão. Basta verificar que um grupo onde há amigos leais e sinceros, a tarefa flui com naturalidade. Por que nos atacarmos mutuamente, se podemos unir forças para a causa maior que nos identifica? Em termos de Centro Espírita, basta nos aceitarmos como somos e entender o companheiro com vontade própria, com consciência também em aprendizado, como é o nosso caso e de todos que nos compartilham a vida; no movimento espírita a situação é a mesma: não estamos concorrentes entre si, mas apenas trabalhando pela mesma causa. Por que a rivalidade?

Daí a importância da participação em eventos doutrinários, dentro e fora da própria casa espírita; estejamos no movimento, partilhando idéias e experiências com outros companheiros. Este intercâmbio fará a ampliação dos relacionamentos, fomentará novas amizades e todos serão beneficiados: as instituições, o espírita em particular, e claro o movimento em si. Afinal o que nos interessa é a causa espírita. A Casa é importante, mas a Causa se sobrepõe à Casa.

Na resposta sobre como Jesus entendia a caridade (O Livro dos Espíritos, questão 886), há a citação de que Jesus a entendia, entre outras duas citações bastante conhecidas, como benevolência para com todos. Ora, a própria definição da palavra benevolência, conforme o dicionário, é a disposição bondosa de promover a felicidade de outro por generosidade. Não é isto que faz o amigo?

Que estamos esperando para cultivar amplamente esta magnífica virtude? A amizade é bem aquele sentimento de amigo, o afeto recíproco que liga as pessoas; amigo, por sua vez, é pessoa que quer bem a outra. Eis a solução para as dificuldades do relacionamento nos Centros Espíritas ou na união dos centros que formam o chamado movimento espírita.

Imposição de idéias jamais, violência nunca. Ninguém deseja ser dominado. Eis a questão.


___________________________________________

A Casa Humanitária Dr. Albert Schweitzer, em nome das crianças que aqui vivem, e, daqueles que dela dependem, vem agradecer a todos pela ajuda que nos é fornecida por todos, durante todo este período, no qual pudemos  continuar a alimentar as nossas crianças e em muitos casos doarmos cestas básicas para os seus pais.
Mas para que o nosso processo de amor e caridade possa dar continuidade, é necessário que todos nós estejamos imbuídos em prol do bem e ajuda ao próximo, aos mais necessitados, então para tal, já estamos pedindo a colaboração para março de 2016, informando aos sócios e aos que  continuam nos ajudando, que a escola, a creche e o fornecimento das  cestas básicas continuarão no seu ritmo normal,  por isso faz-se necessário que todos continuem contribuindo.

Para o mês de março de 2016, estamos precisando:

Alimentos:

Óleo, sal, massa de tomate, caldo knor, leite em pó ou de caixinha, salsicha, sardinhas em lata, carne seca, tomate, legumes, frutas, achocolatados, biscoitos, cebola, alho, gelatinas, farinha de trigo, cremes para mingau.

Material de limpeza:

Cloro, desinfetante, saco de lixo,  bom-bril, sabão em pó, álcool 70º, lisoform,  esponjas para louça, panos de chão.

Material de higienização para as crianças:

Sabonetes para prevenção de sarnas e piolhos, talcos, cremes para assaduras, escova dentária infantil, creme dental, fraldas tamanho M e G.

E material para recreação:

Massinhas, cartolinas, lápis de cor, papel A-4, ...

____________________________


 

A Alma do Mundo

(Chico Xavier)

Quando você conseguir superar graves problemas de relacionamentos, não se detenha na lembrança dos momentos difíceis, mas na alegria de haver atravessado mais essa prova em sua vida.

Quando sair de um longo tratamento de saúde, não pense no sofrimento

que foi necessário enfrentar, mas na bênção de Deus que permitiu a cura. 

Leve na sua memória, para o resto da vida, as coisas boas que surgiram nas dificuldades.

Elas serão uma prova de sua capacidade, e lhe darão confiança diante de qualquer obstáculo.

Uns queriam um emprego melhor; outros, só um emprego.

Uns queriam uma refeição mais farta; outros, só uma refeição.

Uns queriam uma vida mais amena; outros, apenas viver.

Uns queriam pais mais esclarecidos; outros, ter pais.

Uns queriam ter olhos claros; outros, enxergar. 
                        

Uns queriam ter voz bonita; outros, falar.

Uns queriam silêncio; outros, ouvir.

Uns queriam sapato novo; outros, ter pés.

Uns queriam um carro; outros, andar.

Uns queriam o supérfluo; outros, apenas o necessário.

Há dois tipos de sabedoria: a inferior e a superior.

A sabedoria inferior é dada pelo quanto uma pessoa sabe e a superior é dada pelo quanto ela tem consciência de que não sabe.

Tenha a sabedoria superior. Seja um eterno aprendiz na escola da vida.

A sabedoria superior tolera, a inferior julga; a superior alivia, a inferior culpa; a superior perdoa, a inferior condena. Tem coisas que o coração só fala para quem sabe escutar!                         


_____________________


Casa Humanitária Dr. Albert Schweitzer
Venha nos fazer uma visita.
Rua dos Macacos S/N - Unamar - Cabo Frio - RJ
Site: www.casahumanitaria.com

E.mail:
casahumanitaria@casahumanitaria.com


 






























 

  Site Map